UnREAL: 4ª temporada tem final de novela mexicana

UnREAL teve sua quarta e última temporada liberada pelo serviço de streaming HULU nos últimos dias. Como bom fã e quase bLoGuEiRo que sou, tratei de consumir rapidamente seus oito episódios.

A crítica não saiu tão rápido quanto nos portais de entretenimento, mas saiu e isso é o que importa. Agora venha comigo avaliar a última temporada de UnREAL.

Mas antes, vamos ver um resumo da trama desta temporada.

UnREAL: Trama da 4ª temporada

Após Rachel finalmente conseguir comprar sua cabana na floresta no final da 3ª temporada, a moça decide que não era isso que ela queria e acaba voltando para Everlasting. Não só uma volta ao set, mas uma volta com direito a makeover.

UnREAL: Promo

Com visual renovado, Rachel tenta realizar seu novo objetivo de vida – 1 por temporada – como menina afoita que é. E como ela quer realizar isso? Usando e destruindo pessoas. 🙂

E a Quinn? Cadê a dona da Po…poxa toda. Quinn King (Constance Zimmer)estava tirando as primeiras férias da sua vida e depilando as costas em preparação para as múltiplas facadas da Rachel Golberg (Shiri Appleby).

De volta das férias com seu boy toy Chet (Craig Bierko), Rachel havia preparado para ela uma temporada All Stars cheia de suitors antigos e cascas de banana para tomar o lugar de Quinn.

E quais suitors estão de volta? Além de August e Alexi, que acabaram de participar da temporada anterior, Maya, que participou da primeira temporada – UnREAL, não Everlasting – é usada por Rachel para tentar resolver seus problemas psicológicos, e não vingar a moça pelo abuso que sofreu.

‘Sudden Death’, S04E08 | Season Finale

UnREAL | ‘Sudden Death’, S04E08 | Season Finale

Com aquele circo todo armado, a season finale prometia um megaevento, mas entregou um showzinho com cara de Domingo Legal.

Digno de novela mexicana, o dramalhão desgovernado tomou conta do episódio. Rachel criou essa trama supercomplicada simplesmente porque tinham medo que o namoradinho, Tommy Castelli (François Arnaud), não aprovasse? Ela poderia ter apenas escondido a parte que ela assumia a culpa, não é mesmo?

Só faltou usarem os nomes completos durante os diálogos para ser uma novela mexicana porque até mansão tinha.

Rachel não fazia mais sentido. Foi como um carro indo para um abismo, mas dando cavalo de pau para ficar mais emocionante. Quinn já não tinha um pingo de fibra no corpo. #NotMyQuinn #TheQuinnisDead

Jay…urgh.

Não consigo julgar ao certo se o roteiro foi ruim ou se foi somente a atuação tenebrosa de Jeffrey Bowyer-Chapman. Foi tão ruim que deu um desconforto, a chamada “vergonha alheia”. Um péssimo fim para um personagem interessante.

O único personagem com desenvolvimento FOI O CHET, O F***ING CHET!

Titus Andromedon: i can't fix America!

No finalzinho tivemos a única coisa interessante do episódio: a mansão de Everlasting pegando fogo. Poético.

Cancelamento

O que ninguém estava esperando é que o A+E Studios cancelaria UnREAL sem nenhum aviso ou explicação. Baixa audiência? Problemas com o elenco? Apenas cansaço? Ainda não sabemos.

O que sabemos é que, com essa season finale, bem que podia ser pego pela Televisa, não é mesmo?

Curtiu o deboche? Então deixa um comentário 🙂

Posted by Francisco Almeida

Redator e Consultor de conteúdo freelancer made in Ceará.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.