‘Promises, Promises’, Suits S08E03 | Crítica

O milagre aconteceu! Em ‘Promises, Promises’, Suits S08E03, a série de Harvey Specter (Gabriel Macht) e companhia volta a ser o que era antes do pesadelo chamado de 7ª temporada.

Recentemente, como você pode ver aqui, eu estava insatisfeito com o rumo de Suits. Com um elenco poderoso e cenas fortes, a série parecia mais um daqueles filmes da Marvel onde todo mundo têm superpoderes e todos têm que ter uma cena “gifável”.

Em ‘Suits S08e03’ esses problemas são remendados e, aparentemente, o caminho para uma nova dinâmica no escritório forma-se. E que dinâmica é essa? Bem, ainda é difícil de dizer, já que a série não deixou tudo às claras, mas eu acredito que Gavin Andrews (Benjamin Ayres), o empresário inescrupuloso, possa crescer como vilão na série.

Acreditar que Gavin será o vilão é um tiro no escuro, mas é o que nós temos até agora e o ator, Benjamin Ayres, tem tudo para ser um ótimo vilão. Além do mais, está na hora de Suits ter um novo vilão no estilo Charles Forstman (Eric Roberts). Veremos.

Além de tudo isso, toda a relação entre os sócios e os associados (?) parece estar num tom mais civilizado, o que é ótimo porque as briguinhas já estavam absurdamente forçadas. Até Samantha Wheeler (Katherine Heigl), parece ter saído de sua fase One PunchLawsuit-Man.

Em resumo, Foi um bom episódio como nos velhos tempos, mas ainda falta deixar o coração acelerado. Eu dou 4 de 5 Donnas.

Posted by Francisco Almeida

Redator e Consultor de conteúdo freelancer made in Ceará.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.