Mascots: o que deu errado?

Mascots é um filme da Netflix que foi lançado em 2016. Se você acha estranho nunca ter ouvido falar do filme ou ter ouvido apenas recentemente, isso tem um motivo: o filme é um porre.

Mascots filme

Comédias são bichos complicados. Você junta vários elementos que parecem ideais e o resultado pode ser positivo ou negativo. De um clássico do cinema para um filme destruidor de carreiras não são tantas as diferenças.

Mas o que fazer para criar uma comédia que realmente funcione? Eu poderia criar uma resposta aqui, mas a verdade é que seria uma mentira, já que eu não sei o que faz uma comédia realmente funcionar. Entretanto, eu sei o que fez essa comédia fracassar.

Foi o elenco? Não, o elenco é ótimo. Com nomes como Jennifer Coolidge, Zach Woods, Chris O’Dowd, Ed Begley Jr., Jane Lynch e minha deusa Parker Posey, o filme estava muito bem neste quesito. A produção? Não mesmo. Até onde pude ver, estava tudo OK.

Mascots Netflix

O problema de Mascots é que faltou o mais importante numa comédia: cenas engraçadas.

O filme é, basicamente, um amontoado de cenas com personagens incapazes de perceber o quão ridículas são suas vidas. Isso, por si só, não é engraçado.

Como eles acharam que o filme poderia sustentar-se com o “poder” de fazer rir de um mockumentary (Pseudodocumentário)? Sejamos sinceros, se você não é o Sacha Baron Cohen, nem tente fazer mockumentary.

Brüno Sacha Baron Cohen

Minha opinião geral sobre Mascots é: nem se incomode em assistir. A vida é muito curta para você gastar uma hora e meia assistindo essa “barruada” em câmera lenta.

Posted by Francisco Almeida

Redator e Consultor de conteúdo freelancer made in Ceará.

Deixe uma resposta

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.